sexta-feira, outubro 13, 2006

Novidades brevemente...

Como já havia escrito, só libertarei o Caderno de Corda do grilhão que o mantém cativo e vigilante quando nada mais houver a escrever sobre o caso de plágio que deteve, nos últimos 25 dias, o espírito deste blogue.
Abaixo está o texto que deve ser subscrito e enviado ao Provedor do Telespectador da RTP, Paquete de Oliveira.

Etiquetas:

8 Comments:

Anonymous rui martins said...

e muito bem!... eu prometo tb ir reavivando a questão com posts regulares lá pelas bandas do "quintus"!

sexta-feira, outubro 13, 2006 2:02:00 da manhã  
Blogger Davi Reis said...

:)

Obrigado, Rui! Surpresa agradável.

Um abraço fraterno

sexta-feira, outubro 13, 2006 2:34:00 da manhã  
Blogger RPM said...

Caros ciber-companheiros,

Direitos de autor são direitos de autor, aqui, na 5 de Outubro, no Parque das nações ...ou, não direi na China - porque não é uma democracia..., embora às vezes a ditas democracia se comportem de forma mais vergonhosa e lamentável.

O Macroscópio referenciou mais este lamentável episódio, mas ainda a procissão vai no adro.

Já agora, lembram-se do caso Trent Lott???

O Jumento (que talvez seja o melhor blog nacional) ainda antes do Verão enfatisou esse problema.

O Macro tem-se dedicado à sistematização duma forma algo científica aquilo a que poderei designar por Sociologia da blogosfera, um novo ramo da teoria (geral) da informação.

A resposta da RTP fez-me lembrar a resposta que a Srª Rice deu a Portugal pela alegada violação do espaço aéreo português para transportar terroristas à margem da lei.

Afinal, a Democracia também comporta perigos, apesar de não se poder ser complacente com o terrorismo que hoje opera em rede no rizoma, como certas omissões cirúrgicas às fontes donde certos jornalistas pacóvios e mal intencionados esbulham informação sem a devida citação da fonte. Nuns casos é por maldade, noutros por pura estupidez e soberba, mas na maioria fazem-no por pura má fé.

Certos directores de revistas e jornais dão instruções aos seus jornalistas para não citarem blogs, pois assim pensam vender mais uns jornais nas bancas... Eis o raciocínio padrão do jornalismo de poltrona, como lhe tenho chamando, ante a emergência da blogosgera.

O Macroscópio já foi alvo disso, ainda q de forma subtil, mas quem sabe hermeneutica, semântica e português apanha esses ladrõezecos de trazer por casa em 2 tempos, alguns dos quais nem a língua de Camões sabem articular.E outros levaram 7 anos para concluir uma licenciatura de 5. E outros são burros por natureza, e muitos deles foram para a RTP.

Best Regards
RPMatos
Macroscopio

domingo, outubro 15, 2006 1:42:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Caro RPM,

o seu comentário é digno de reflexão, bem como o Macroscópio exige leitura atenta. Muito obrigado. Juntos faremos a diferença.

Um abraço fraterno

domingo, outubro 15, 2006 2:42:00 da tarde  
Blogger RPM said...

Meu Caro Davi Reis,

Aquilo que você sentiu agora já eu eu passei "n" vezes, de forma menos explicita, mais camuflada e menos mediática. E nem sequer são as interpretações políticas e/ou sociológicas do Loose Change, que no seu caso apenas representam um pretexto.

Mas a articulação de certos argumentos, formulação de certas hipóteses ou ideias são hoje objecto de múltiplas violentações, aliás, a Academia está repleta desses vermes q não pensam coisa nenhuma, antes dedicam-se à banditagem, ao pishing, ao esbulho intelectual..

O senhor não me conhece, mas talvez não fosse má ideia ler algumas das coisinhas q tenho escrito sobre o que é a blogosfera. E não é a vaidade pessoal q me anima a dizer-lhe isto aqui. Mas verá que n perderá tempo.

Aqui apenas estou sendo solidário consigo.Nada mais. Consigo e com um ideal de Justiça e de Liberdade que persigo.

Mas logo à noite eu sei, ou presumo, que mais 1200 pessoas vão ler a sua história, eu apenas contribuo com uma pequena parte.

O resto será feito pela justiça entre os homens.

Pense bem no que vai fazer, ou melhor reflicta. Porque reflectir tb é um acto de cidadania.E os actos de cidadania regra geral podem culminar em actos de Justiça.

E quero desde já dizer-lhe que me estou completamente a barimbar para os links que a República de citações em Portugal faz neste meio canalha e ciber-virtual em que navegamos, pois tenho a noção clara de ser um dos autores de um blog mais mais estruturados no ciber-espaço nacional.

E nem sequer é a vaidade ou soberba que me anima a dizê-lo, são outros valores que, se quiser, poderá descobrir.

Apenas lhe quero dizer que este meio da blogosfera ainda tem uma conduta mais execrável entre si do que a RTP teve para consigo.

Por isso, caldos de galinha..
Boa sorte
RPMatos
Macro

domingo, outubro 15, 2006 3:03:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Caro RPM,

prometo dispensar largos minutos (se não mais; os possíveis) à leitura dos quatro blogues que "administra". Tocam, indistintamente, em muitos pontos que me são sensíveis.

Caldos de galinha!...

Um abraço

domingo, outubro 15, 2006 7:38:00 da tarde  
Anonymous JPG said...

Não sei se será da minha vista, mas não encontro aqui a página com o texto pirateado, que a RTP apagou entretanto.
Bem, se não havia, agora já há: http://apdeites.cedilha.com/plagius/RTP-EPG.htm.
Para efeitos de controlo, apenas acrescentei contador de acessos naquela página.
Se afinal havia ficheiro de "cache", é favor ignorar esta mensagem.

domingo, outubro 15, 2006 7:45:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

JPG,

sem o seu comentário eu desconheceria o importantíssimo contributo do Apdeites. É verdade que a página havia sido eliminada após conhecimento dos responsáveis da RTP. O JPG resolveu o problema da prova. Justiça lhe seja feita. Tão louvável atitude merece post!... em breve.

Um abraço fraterno!

domingo, outubro 15, 2006 10:03:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home