sexta-feira, junho 30, 2006

Foi Chico quem disse?

Vivendo a poesia de verdade,
Eu vi João e Chico e Caetano,
E vi chegar um estrangeiro,
Um velho, sábio decano,

Trazendo no peito ansiedade
Num interminável aguaceiro
Que lhe chovia dentro todo o ano,
onde encontrava a alegria num palheiro.

Não cria verdadeira a poesia-felicidade,
O estrangeiro da verdade
A quem um dia leu cedo o brasileiro
E se fez poeta-primo do lusitano.

Chico viu enfim um homem ser feliz
E, meninos, eu gostei do que ouvi,
Vivendo a poesia de verdade,
Mas é Chico quem o diz,
Sem ter medo de ser feliz.
É Chico quem o diz…

Vivendo a verdadeira liberdade,
Eu vi chegar um viajante
Já quase sem dinheiro,
Num trajecto errante,

Rotulando desonestidade
E comportamento grosseiro,
Tinha ainda a agravante
De agora ser brasileiro.

Mas depressa se fez maior a cidade,
E, como o sol, é a Verdade:
Permite-nos tudo ver por inteiro,
Mas olhá-los, só de relance.

Chico viu enfim um homem ser feliz
E temeu quando viu incendiada a cidade,
Vivendo a poesia de verdade,
Mas é Chico quem o diz,
Sem ter medo de ser feliz.
É Chico quem o diz…

Etiquetas: ,

3 Comments:

Blogger Nina said...

Chico diz, você assina embaixo, que posso dizer eu senão...

"Amém"?

=]~

Lindo moço poeta além-mar!

sexta-feira, junho 30, 2006 3:47:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Corações ao alto...

:)

Obrigado, Nina

sexta-feira, junho 30, 2006 3:51:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

sábado, julho 22, 2006 6:25:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home