terça-feira, novembro 14, 2006

A Liberdade Está Lá Fora

Bota o pé fora de casa, inspira a mais espontânea maresia
e escuta o chilreio solto de uma ave numa árvore saudando o dia.
Abre a porta do carro – que deve a um banco solidário -
e solta um pigarreio de catarro a que tabaco não é contrário.
Liberta a mente quando sente o calor gratuito do sol nascente
e esquece, por momentos, conduzindo, a empresa que o prende.
Em quinze minutos chega ao destino. Portas deslizantes. Breve cólica.
Nostalgias, nervoso miudinho, sortes errantes de saudade bucólica.
Bota o pé além das portas automáticas friamente pressentidas
e sabe, por entre náuseas e tristezas cáusticas, que a liberdade está lá fora.

n.b. - Esta é por tua culpa, Pinto

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous rp said...

bem podes querer que não vou deixar NINGUÉM dormir, com ou sem microfone á frente da boca, até porque isso nem sempre foi preciso!
O entusiasmo de escreveres, deveria ser tão intenso quanto aquele que sente quem te lê, e assim não ias deixar de criar os teus posts...
fica o desabafo... continua mano velho!
quando faltarem todos os leitores, podes mandar os posts para o meu mail...
Aquele abração que tu conheces...

quinta-feira, novembro 16, 2006 9:51:00 da manhã  
Blogger Davi Reis said...

:)

O Micro BR precisa de atenção e leitura aturada do manual... O Caderno de Corda há-de sobreviver sem ter-me por escravo.

Esse abraço, esse mesmo, mano velho!

quarta-feira, novembro 22, 2006 2:50:00 da tarde  
Blogger Kaiser said...

E, já agora, para o meu também!

quinta-feira, novembro 23, 2006 4:18:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Mano Kaiser,

vou começar a preparar a mailing list e a formatação da newsletter!

:)

Aquele abraço!

quinta-feira, novembro 23, 2006 5:43:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home