domingo, novembro 04, 2007

Em Passante

Teu corpo, quem mais deseja?
Outro corpo que não possuis?
Quiseram teus olhos de inveja
e teus dentes morder a perna
do corpo passante em que te diluis...

E agora, depois do sopro perfumado,
do vestido fino, curto e decotado,
da pele fresca, do tornozelo, do chinelo,
que te resta senão vê-lo?

Etiquetas: , ,

1 Comments:

Anonymous gc said...

Vê-lo é tê-lo consumi-lo num segundo eterno..mais valioso que o real, que ao sê-lo pode não tê-lo.

Abraço Fraterno

segunda-feira, novembro 05, 2007 11:40:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home