quinta-feira, dezembro 20, 2007

Tem Dias

Há dias perfeitos para sairmos de casa, sermos audazes;
Há dias perfeitos para nos fecharmos a sete chaves...
Por oposição, uns serão bonitos e outros feios,
mas, do seu jeito, todos podem ser perfeitos.

Etiquetas: , ,

10 Comments:

Anonymous gc said...

Que sejam perfeitos à sua maneira...

Abraço fraterno

quinta-feira, dezembro 20, 2007 5:25:00 da tarde  
Blogger Ricardo said...

é triste mas nem as pessoas que merecem têm sempre dias perfeitos! Mas como diz o GC tu tens a capacidade de os tornares perfeitos á tua maneira!
E não te esqueças da minha proposta de ontem... novos ventos poderão estar para chegar com o 2008.
Aquele abraço irmão.

quinta-feira, dezembro 20, 2007 7:50:00 da tarde  
Blogger Rato do deserto said...

Dias azuis, dias cinzentos,
dias molhados e lamacentos,
a que se seguem dias de luz
o sol de vida que nos seduz.

um abraço

quinta-feira, dezembro 20, 2007 9:44:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Dias cinzentos, dias azuis,
dias sedentos em que te abluis,
a que se seguem dias friorentos
de luvas, cachecóis e lamentos.

Aquele abraço aos três!

:)

sexta-feira, dezembro 21, 2007 3:43:00 da manhã  
Blogger Rato do deserto said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

sexta-feira, dezembro 21, 2007 8:25:00 da manhã  
Blogger Rato do deserto said...

Argh...

o que eu queria mesmo era:

dias fechado, em que não te vemos
estás atarefado, quando nós não queremos.
São dias tristonhos quando dou por mim
sem posts no teu blogue, pra falarmos assim...

apaga o outro, pf...

um abraço a todos

JT

sexta-feira, dezembro 21, 2007 9:48:00 da manhã  
Blogger Davi Reis said...

Apagado. Teus pedidos são ordens, T.

:)

É verdade que por vezes me afasto
e me deixo à deriva, perdendo-me o rasto.
Mas a vossa visita alegra os dias e aviva
um blogue outrora triste onde só eu viria.

Aquele abraço, T

sábado, dezembro 22, 2007 3:43:00 da manhã  
Blogger Rato do deserto said...

Um blogue triste seria talvez,
mas agora é ouro, é mar de verdade.
Onde navegamos à força de marés
que constrois com valores de amizade.

aquele abraço, H

sábado, dezembro 22, 2007 2:28:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Meu amigo, meu Ary,
deixas-me sem jeito.
É verdade. Acredito ser assim,
de amizade, este blogue feito.

Aquele abraço, T

domingo, dezembro 23, 2007 9:08:00 da tarde  
Blogger Rato do deserto said...

De amizade e não só
de bela escrita também.
Somos grãos na tua mó,
"moes-nos" como mais ninguém...

um abraço com barrete vermelho, hoje

T

segunda-feira, dezembro 24, 2007 8:43:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home