segunda-feira, janeiro 04, 2010

"Italian Wool", versão 1999, chega ao Reverb Nation

Depois de finalizar "Por Aquela Estrada" e fazer o respectivo upload na minha página do Reverb Nation, tive a oportunidade de actualizar alguns elementos. Hoje, temendo pela longevidade e integridade de alguns CD's que contêm masters de muito modestas mas queridas maquettes gravadas, tocadas e cantadas por mim quase no tempo daquela senhora, fiz uma revisão da matéria (leia-se prateleiras) e reencontrei algumas dessas velhas gravações.
Assim sendo, julgo ser relevante a nota de que o player abaixo, no post em que anuncio a concretização do esquisso de "Por Aquela Estrada", inclui também, a partir de agora, a canção "Italian Wool", escrita em 1997 e gravada em 1999, que integra o EP "História de Um Vinho Azedo", dos Baby Jane, cujo famigerado lançamento prevê-se para o primeiro trimestre deste ano.
Pode ler-se AQUI a letra e a história possível de "Italian Wool", sendo de sublinhar que, para as gravações deste "Italian Wool" embrionário, contei com as participações de Tiago "Carraça" Rocha na bateria (o meu querido Sir Giant), de "Moisés" nas teclas (o meu querido Bernardo Rodrigues) e do baixista João Pestana, que não precisa de alcunha - mas nunca tive de acordá-lo. A mistura é do João Martins, na desarrumada garagem do Carlos, dos "Beringelas". Gravei eu as vozes, as guitarras, partes de teclas e instrumentação adicional, além de ter produzido. Através DESTE LINK pode também ouvir-se "Italian Wool", versão 1999, isoladamente.
Ainda quanto à canção "Por Aquela Estrada", mostrada à galáxia ontem em primeira mão pelo Caderno de Corda, devo dizer que, insatisfeito com o resultado final das vozes, prometo regravá-las com mais calma. A voz foi, de facto, a secção que menos tempo de dedicação e cuidados teve no processo, e isso nota-se com evidência.
Em breve prometo também adicionar, doseadamente, velhas canções que, como "Italian Wool", foram escritas, tocadas, cantadas e gravadas por mim num passado já algo longínquo, e que serviram e servem o vasto reportório dos Baby Jane.

Etiquetas: ,

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Adoro a letra e música da canção Italian Wool, apenas faço um reparo e talvez por isso tenha para mim um significado especial....Fui a 1ª pessoa a estar ao lado do autor, a comentar, e opinar.
Agradeço na mesma, porque sei que faço parte desta canção.

quarta-feira, janeiro 13, 2010 10:25:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home