sexta-feira, dezembro 14, 2007

EP História de Um Vinho Azedo (Baby Jane) - as letras (5/6)

5 - Quero Mais
(Letra e Música de Hugo Simões)

Não foi nada como devia ser,
tu zangada e eu sem nada fazer…
Dá-me um minuto para pensar.

Um sonho tornado realidade,
no fim mostrei falta de capacidade
para te ter, para te amar.

Portei-me como da primeira vez,
eu vejo isso mas não sei se tu vês...
Dá-me tempo para te amar.

Eu...

Quero mais, quero mais…
Quero mais de ti…
Quero mais, muito mais…
Muito mais de ti…

Eu pensava que não pensava nisso…
Hoje sinto-me só e é por isso
que te vou procurar.

Eu sei que tu não queres saber,
mas eu vou tentar, eu vou fazer
tudo para te conquistar.

E se um dia eu passar por ti,
lembra-te que já fui teu e sorri
por tudo aquilo que não aconteceu.

Eu...

Quero mais, quero mais…
Quero mais de ti…
Quero mais, muito mais…
Muito mais de ti…

[Bridge]

Quero mais... quero um pouco mais...
um tudo-nada-tanto...
Quero tudo em ti,
quero tanto em ti,
quero tanto...

Quero mais, quero mais…
Quero mais de ti…
Quero mais, muito mais…
Muito mais de ti…

n.b. - O Caderno de Corda já havia publicado AQUI uma segunda versão da letra de "Quero Mais", depois de esta, muito antiga, ter-se perdido e sido esquecida pela banda. Para os curiosos e verdadeiros fãs dos Baby Jane e do seu percurso, talvez valha a pena clicar para ler a segunda versão (que, afinal, não será aquela cantada no EP "História de Um Vinho Azedo") e conhecer o porquê da música, bem como outras curiosidades que levaram a que o tema tenha sobrevivido aos anos e se mantenha ainda no reportório.

Etiquetas: , , , , ,

2 Comments:

Blogger Rato do deserto said...

Mais uma excelente música. Não é o Italian Wool, mas muito bom. ;-)
Davi, tens uma letra no meu blog que poderás usar, caso queiras. Não será fácil de "musicar", mas, se te conheço razoavelmente bem, acho que vais gostar dela.´

aquele abraço
T

sábado, dezembro 15, 2007 10:44:00 da manhã  
Blogger Davi Reis said...

:)

É para já.

Aquele abraço

sábado, dezembro 15, 2007 5:06:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home