terça-feira, setembro 18, 2007

Ser Benfiquista



Sou do Benfica
E isso me envaidece
Tenho a genica
Que a qualquer engrandece

Sou de um clube lutador
Que na luta com fervor
Nunca encontrou rival
Neste nosso Portugal.

Ser Benfiquista
É ter na alma a chama imensa
Que nos conquista
E leva à palma a luz intensa
Do sol que lá no céu
Risonho vem beijar
Com orgulho muito seu
As camisolas berrantes
Que nos campos a vibrar
São papoilas saltitantes.

No dia em que o Glorioso regressa a San Siro, mas desta feita com o maestro de águia ao peito, eis a muito procurada história do hino do Sport Lisboa e Benfica, inesquecivelmente cantado para a posteridade pelo grande Luís Piçarra:

Paulino Gomes Júnior era o director do jornal do clube. E também ele queria dar ao Benfica uma coisa especial. Uma canção, por exemplo. Uma canção que entrasse no ouvido e no coração e servisse de encorajamento para a caminhada que havia pela frente. Escreveu a letra, a música, e ensaiou tudo a preceito com Luís Piçarra, que ofereceu a sua voz sem par. A estreia em público ficou aprazada para a noite de 16 de Abril, no Pavilhão dos Desportos, por ocasião de um sarau com a receita a reverter pró-Estádio. Seis mil benfiquistas responderam à chamada, enchendo o recinto. A canção de Paulino Gomes Júnior e de Luís Piçarra seria a surpresa da noite. Desconhecendo como o público iria reagir, autor e intérprete aceitaram que a sua actuação acontecesse, discretamente, entre o número musical da artista paraguaia Sarita Antuñez, vedeta do Teatro Apolo, e a exibição do conjunto da «dinâmica e revolucionária» Alzirinha Camargo. Nervosos, os dois homens subiram ao palco. Paulino Gomes Júnior dirigiu-se ao piano, Piçarra ao microfone. A assistência agitou-se naquela desconfiança que sempre suscita a apresentação de uma novidade. Mas quando Piçarra entoou as notas finais de Ser Benfiquista a casa veio abaixo.Conta o jornal O Benfica o que se passou: «O sarau acabou por provocar manifestações clubistas como raras vezes temos visto. Vibrantes, apoteóticas, plenas de euforia, como foi a primeira audição de Ser Benfiquista, culminando em êxito tão clamoroso que o público ovacionou longamente, de pé, autor e intérprete. O próprio maestro, Vítor Bonjour, cederia a batuta ao dr. Paulino Gomes Júnior para que este dirigisse a orquestra na repetição do número.»Nasceu, assim, inspirada pela construção do Estádio da Luz, a canção que ainda hoje se ouve quando o Benfica entra no seu campo. A emoção dessa noite de estreia, há quase meio século, contagiou até os polícias de serviço. «Era de 363$00 a importância da folha de serviço dos guardas destacados para o pavilhão. Tal quantia, porém, foi entregue ao clube pelo senhor Domingos Ribeiro, polícia municipal que, em nome dos seus colegas, afirmou prescindirem dela com muita satisfação, dado o fim a que se destinava – engrossar a lista de dádivas pró-Estádio do Sport Lisboa e Benfica.»

Texto DAQUI

Etiquetas: , , , , , , ,

9 Comments:

Blogger Rato do deserto said...

Boa sorte para hoje. Não basta o maestro - que haja orquestra tb.

saudações leoninas

JT

terça-feira, setembro 18, 2007 2:48:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Sim, orquestra. Tens razão. E falta lá o carregador de pianos (Petit)...

O desportivismo fica-vos tão bem, sei lá...

('Tou a brincar!)

;)

Abraço grande, T

terça-feira, setembro 18, 2007 3:20:00 da tarde  
Blogger Prosa e Poesia said...

Boa sorte para o jogo de hoje que amanhã toca-nos a nós!

saudações leoninas

Maria

terça-feira, setembro 18, 2007 4:57:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Vocês, sportinguistas, são uns queridos!

Um beijinho, Maria

:)

terça-feira, setembro 18, 2007 6:07:00 da tarde  
Blogger Kaiser said...

Uma ligeira curiosidade:

- o blog dos dois malucos que resolveram ir dar a volta ao mundo, cujo link outro dia depositei aí algures, conta com a presença da neta do Luis Piçarra: a Clara Piçarra, uma das viajantes!

quarta-feira, setembro 19, 2007 11:00:00 da manhã  
Blogger Davi Reis said...

Eu sei, mano. Li no Miniscente. Parece que o meu ex-professor e amigo Luís Carmelo é um dos principais divulgadores do projecto na blogosfera lusa...

:)

O mundo é pequeno, hein?

Aquele abraço, meu Irmão

quarta-feira, setembro 19, 2007 11:20:00 da manhã  
Blogger Kaiser said...

Ela, tanto quanto sei, foi aluna dele num curso de escrita criativa.

quarta-feira, setembro 19, 2007 3:28:00 da tarde  
Blogger Davi Reis said...

Eu, idem, mas acho que não fomos colegas de turma...

quarta-feira, setembro 19, 2007 4:21:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

olá David....

respondendo a uma pergunta for já do tempo...

àcerca do Piano...:)))) que só voltará a tocar mais lá para diante,

deixo.te se quizeres ver, o www.horatardia.blogspot.com

_______________mas não és obrigado...claro...


o beijo.


imf/piano.

quarta-feira, setembro 19, 2007 10:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home